Posts Tagged ‘NBA’

Sem dificuldades Chicago atropela os Knicks nessa noite de sábado

nk

Como já era de se esperar, o Chicago Bulls não tomou conhecimento do rival novaiorquino e venceu pelo placar de 111 a 80, com direito a mais uma ótima atuação de Nikola Mirotic.

Read more »

Agora é oficial, tá na mão de quem conhece do negócio! NBA fecha parceria com LNB!

parceria_nba-lnb

Read more »

Bulls sofre apagão no último quarto e cai diante dos Pistons

chi

Diferente do que vimos na noite da sexta-feira onde Chicago venceu o Toronto Raptors com classe, os touros não souberam encontrar forças pra passar por cima do teoricamente fraco Detroit Pistons e, sem poder de reação perdeu fora de casa para o grande rival pelo placar de 107 a 91.

O JOGO

Já no início pudemos perceber que a parada seria dura pra Chicago. Os donos da casa abriram 9 a 2 de vantagem nos primeiros minutos com Andre Drummond on fire dentro do garrafão. Pelo lado dos Bulls quem se destacou foi Aaron Brooks com duas bolas de 3pt seguidas.

Indo para o segundo quarto perdendo por dois dígitos de diferença (30 a 20), foi a vez do banco de reservas chamar a responsabilidade e Taj Gibson ao lado de Nikola Mirotic empataram tudo. Com Joakim Noah mais uma vez distribuindo muito bem a bola e Pau Gasol entrando com tudo no jogo, os Bulls foram pro intervalo com uma confortável vantagem de 56 a 44.

Na volta do vestiário tudo desandou pelo lado de Chicago, não bastava a bola insistir em não entrar na cesta, nosso time cometeu turnovers bobos e Raggie Jackson veio do outro lado desequilibrando tudo fazendo os incríveis 17 pontos, porém, Pau Gasol correspondeu à altura e seus 15 pontos no período deixaram Chicago respirar mesmo com todo o domínio de Detroit.

Mas foi no último quarto que o pior aconteceu. Vimos um show de horrores nos dois lados da quadra por parte dos Bulls, com direito à uma run de 20 a 0 aplicada pelo time da casa. O Chicago Bulls simplesmente estacionou nos 85 pontos e viu seu rival fazer 105 no marcador, sem poder de reação nosso time tomou uma chuva de bolas de 3pt e os reservas colocaram o banco de Chicago no bolso. Sacramentando a vitória por 107 a 91.

Destaques da partida:

Pau Gasol (CHI) – 27 pts e 10 rbts
Aaron Brooks (CHI) – 19 pts e 5 asts
Joakim Noah (CHI) – 6 pts, 13 rbts e 7 asts

Reggie Jackson (DET) – 22 pts e 11 asts
Caron Butler (DET) – 20 pts e 5 rbts
Andre Drummond (DET) – 14 pts e 9 asts

-

Sinceramente, eu desisto de entender o que acontece com esse time. Hora joga bem, hora joga mal, vence de times improváveis e perde para times remendados como esse Detroit Pistons que nem contou com Greg Monroe ou Brandon Jennings. Chicago tem muitas falhas, tanto técnicas quanto táticas, o que acaba nos levando a crer que o problema está muito além da postura de Tom Thibodeau, que tem provado ser excelente como líder, mas como pensador nem tanto, e o mesmo raciocínio vale para todo o elenco, afinal são eles que pegam na bola dentro de quadra. A palavra inconsistência passou a ser o sinônimo do Chicago Bulls na atual temporada, não creio que o time conseguirá reparar-se até o final dessa temporada de tantos detalhes, detalhes que por vezes custam mando de quadra ou até mesmo um tão sonhado título. Tudo bem que o jogo contra Detroit foi o day-to-day após a excelente vitória em cima do Toronto Raptors, mais ainda sim os Bulls não fizeram nem sombra do que vimos na noite anterior, e isso é muito, muito estranho… O que tenho a dizer no momento é que o sonho do título fica cada vez mais distante. No próximo ou nos próximos dois anos quem sabe o anel venha, mas nesse ano realmente está difícil, mas que fique bem claro: Não está impossível, esperança é a última que morre! #SeeRed

Com jogo resolvido só no último minuto, Bulls cai diante do Thunder

rus

Em um jogo extremamente equilibrado do início ao fim, o Chicago Bulls não conseguiu repetir o feito do último dia 05/03 e perdeu para o Oklahoma City Thunder jogando fora de casa na tarde deste domingo, pelo placar de 109 a 100.

O JOGO

Os times começaram errando bastante e o placar ficou no zero durante os dois primeiros minutos, Steven Adams foi o primeiro a abrir o placar pelo lado do Thunder mas que logo teve a resposta de Pau Gasol, e vimos ambos travarem uma boa batalha no garrafão durante o primeiro quarto. O banco de reservas do adversário estava sendo imponente e Chicago pecava demais nos rebotes cedendo os incríveis dez ofensivos, e o placar terminou em leve vantagem do OKC, 17 a 15.

No segundo quarto vimos Russell Westbrook, que até então estava apático na partida, entrar de vez pro jogo, o armador do Thunder fez oito pontos no período e contou com grande atuações dos homens de garrafão, especialmente de Steven Adams. Porém Chicago deu a resposta acionando muito bem Joakim Noah na área pintada e o banco de reservas com Nikola Mirotic e E’Twaun Moore fez o time acordar, levando a partida para o intervalo com tudo empatado em 47 a 47.

Após o intervalo o jogo continuou truncado e bastante intenso. O destaque ficou com Pau Gasol que conseguiu carregar o time no período e que na ausência de Joakim Noah (que descansou em grande parte do quarto período) se viu na tarefa de parar as ações de Enes Kanter e Steven Adams que estavam on fire. DJ Augustin incomodou bastante também, mas graças à Aaron Brooks houve um equilíbrio. E o jogo até ir para o último período continuava bastante incerto sobre quem venceria.

Mas foi no último e decisivo quarto que o vento soprou a favor de alguém, e este foi Russell Westbrook, que não bastara fazer mais uma partida devastadora o jovem resolveu no minuto final forçar um turnover de Nikola Mirotic e abriu cinco de vantagem no marcador. Nikola Mirotic destruiu durante o período, mas infelizmente recebeu um passe horrível de Aaroon Brooks e isso acabou com as perspectivas de vitória. E’Twaun Moore também cometeu mais um erro na sequência e Anthony Morrow não perdoou fazendo uma cesta pra 3pt, para praticamente sacramentar a vitória de Oklahoma.

Destaques da partida:

Nikola Mirotic (CHI) – 27 pts e 4 rbts
Pau Gasol (CHI) – 20 pts, 8 rbts e 2 tocos
Joakim Noah (CHI) – 15 pts, 3 rbts e 7 asts

Russell Westbrook (OKC) – 36 pts, 11 rbts e 6 asts
Enes Kanter (OKC) – 18 pts e 18 rbts
Steven Adams (OKC) – 14 pts e 11 rbts