Com pouco a se noticiar neste intervalo do basquete NBA, é tempo de especular sobre as expectativas para a temporada 2012-13 da liga. Embora o Heat seja o franco favorito a defesa do título, existem outras equipes que podem atrapalhar (e muito!)  a caminhada de Lebron James rumo as finais da NBA 2012-13. Vamos restringir neste momento a análise  dos principais adversário do lado leste, confira abaixo:

Boston Celtics

Liderado por grandes performances de Garnett e Rondo na temporada passada, o time verde quase acabou o sonho do trio de Miami ao levar as finais do Leste para o jogo 7. Apesar da perda de Ray Allen para o rival, o Celtics se reforçou com Courtney Lee, terá o retorno Avery Bradley, renovou com o ala Jeff Green que ficou muito tempo fora por contusão e de quebra escolheu bem no Draft para reforçar o banco. Olho nos diabos verdes!

Orlando Magic

A performance do Magic na temporada dependerá muito dos próximos capítulos da novela chamada Dwight Howard, com uma história já desgastada entre as partes, o pivô deve ser trocado ou sairá na próxima offseason, o que deve colocar a equipe de Orlando em um ciclo de reconstrução e enfraquecida na briga pelos playoffs.

Brooklyn Nets

A renovação de Deron Willians, Gerald Walace e a chegada de Joe Johnson com certeza vão deixar o Nets melhor posicionado na classificação da temporada que vem, mas daí a torná-los candidatos ao título da Liga vai uma longa estrada! O grupo não tem tanta força e os planos de trazer D12 foram por água abaixo, o que deixa o Nets um passo a atrás de Bulls, Heat e Celtics na minha opinião.

Atlanta Hawks

O Hawks pode tornar-se um melhor time com a troca que levou Joe Johnson para o Nets, o ala segurava muito a bola, forçava muitos arremessos e prejudicava o time em jogos importantes, agora ele fará isso no renovado Brooklyn. A perda de Jamal Crawford será sentida, ainda que amenizada pela contratação da Lou Williams e Kyle Korver, a manutenção da ótima dupla Horford e Smith na linha de frente faz o Hawks um bom time mas com pouco poder de fogo e liderança para assustar alguém no Leste.

Indiana Pacers

Apesar de ter feito um Playoff  extremamente competitivo no ano passado, o Pacers na minha opinião continuará sendo um aspirante a elite da conferência. David West marca sua presença no garrafão mas a instabilidade produtiva de Roy Hibbert ainda preocupa. As perdas de bons jogadores da rotação como Dahntay Jones e Darren Collison serão definitivamente sentidas.

Philadelphia 76ers

A boa notícia para o 76ers foi a chegada do ala armador Nick Young, ele supostamente deve preencher a lacuna deixada pela saída de Lou Williams, cestinha do time na temporada passada. Elton Brand foi embora e Dorell Wright chegou, será que é uma “troca” justa?  Não vejo o Sixers indo muito longe, acredito que eles saiam na primeira fase do Playoff.

New York Knicks

Muito talento no papel e pouca execução em quadra, tem sido essa a foto mais real do time do Knicks nos últimos tempos. A adição de veteranos como Camby, Kidd e Prigioni poderá ajudar nos playoffs, mas ainda acho que irão sentir a perda de Lin. O grande diferencial passa pela ótima defesa do pivô Tyson Chandler e pela química entre Carmelo e Amare, que se enfiarem na cabeça que podem jogar coletivamente, tem a chance de trazer de volta os tempos de glória da Franquia.

CHICAGO BULLS

Tenho lido muitas críticas a respeito dos movimentos da equipe nesta offseason, que não vai nem para os Playoffs neste ano, etc…. De fato não houveram contratações impactantes em termos de mídia, mas para um time que teve a melhor campanha das duas últimas temporadas e foi extremamente prejudicado nos Playoffs por severas contusões, não há tanto assim a se reforçar, certo?

O banco de reservas foi praticamente remontado é verdade, mas isso não é necessariamente ruim. Kirk Hirinch é um jogador mais completo que C.J. Watson, a soma dos alas Marco Belinelli e Vladimir Radmanovic supostamente deve remediar a saída de Korver e a substituição de Brewer por Butler na rotação representará uma considerável evolução, aposto nisso sem medo de errar! Coloque aí uma pitada de Taj Gibson e adicione algumas porções do potencial atlético/ofensivo de Nate Robinson, permanece um ótimo grupo de suplentes!

Para mim a única interrogação mesmo é a chegada de Nazr Mohammed, que é bem menos atlético defensivamente do que Asik e nem tão melhor assim do ataque. A propósito, a oferta do Rockets pelo turco foi ligeiramente inflacionada, mesmo sendo um bom jogador não dá pra gastar toda essa grana por um pivô reserva com claras limitações ofensivas.

D-Rose perdeu mais jogos na temporada passada do que em seus primeiros dois anos na liga, Noah e Hamilton ficaram de fora por outras tantas partidas, Deng jogou baleado a temporada toda e mesmo assim a equipe fez a melhor campanha da temporada. Isso me faz crer que se este grupo estiver saudável, com certeza estará em boa situação no retorno do craque Derrick Rose para então entrar na briga pelo título, por que não?!

Todos duvidavam quando Rose falou que podia ser MVP…e depois?! Não há porquê desanimar, é dar tempo ao tempo, ter paciência que o grupo é forte e tem um comandante incrível que não vai deixar os atletas se abalarem pelas adversidades! Go Tibbs!! Go Bulls!!